Concretização de metas e alocação de consciência

Texto por Paola Martins


A mudança é inerente à natureza humana. Nada do que é agora será exatamente igual no segundo seguinte. Mas a mudança, por si só, não constitui evolução.


Evoluir é uma conquista daqueles que sabem para onde querem ir. Para aqueles que traçaram suas metas, e, a partir disso, iniciaram as suas jornadas.


Mudar é fácil, é automático, é da vida. Já evoluir, isso sim, exige esforço. Você precisará alocar sua consciência e direcionar a sua energia na direção correta para chegar onde deseja.


Toda a mudança precisa de um primeiro passo. E o primeiro passo da evolução consiste em tornar-se ciente daquilo o que você é agora.


Se você não sabe o que compõe você hoje, se ainda não se tornou ciente disto, como é possível estabelecer metas que lhe satisfaçam? Como é possível transformar objetivos em realidade, antes de responder a pergunta predecessora: o que você realmente quer?


Essa pergunta se desdobra em tantas outras… O que você quer ser? O que você quer ter? Quem você quer ao seu lado? Como você quer realizar suas metas? Quais são seus valores? Quais são seus norteadores éticos que servirão de bússola nesta trilha?


Alice perguntou: Gato Cheshire... pode me dizer qual o caminho que eu devo tomar?

Isso depende muito do lugar para onde você quer ir – disse o Gato.

Eu não sei para onde ir! – disse Alice.

Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.

(Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll)


A maior parte da nossa vida passamos perdidos, reféns de automações e de automáticos: nossa respiração que acontece sozinha, sem precisarmos pensar sobre ela, nossos pensamos que brotam incessantemente em nossas cabeças, nossas emoções que nos dominam por completo, e pior, o algaritmo das redes sociais e as mídias que controlam o que gostamos, o que compramos, o que vestimos e até mesmo como nos parecemos.


Não assumimos as rédeas de nada. É muito mais fácil apenas existirmos, sem nunca vivermos de verdade.


Mas basta um singelo momento de luz, de consciência, para nos mostrar aquilo o que buscamos, e qual caminho devemos trilhar para conquistar o que queremos.


Faltam menos de 50 dias para o final de 2020. Nas próximas semanas, o planeta inteiro começará a planejar e traçar suas metas para o próximo ano. 90% das vezes, essas “cartas de intenções” e planejamentos ficam esquecidos dentro de uma gaveta e nunca saem do papel.


Neste ano, nossas metas serão ainda mais arrojada dos que as do ano anterior, uma vez que todos sofremos o pênalti da pandemia e não conseguimos realizar o que nos propomos (pois tínhamos a desculpa perfeita para não realizar nada).


É a oportunidade para quebrarmos o ciclo desta mudança inerte ,e provocarmos evolução, de fato.


Na próxima segunda-feira, 16/11, às 20:15, teremos um evento aberto na nossa escola, para mostrarmos para você como iniciar essa evolução. Convidamos você a participar, e iniciar esta jornada! Inscrições no abaixo:




Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags