Líderes conscientes

Texto por Paola Martins

Ser líder é diferente de ser chefe. Essa já é uma velha máxima. Estar em um cargo de hierarquia superior ou com poder dentro de uma organização, a mais das vezes, não significa dizer que você automaticamente será visto como um líder por seus subordinados, ou, menos ainda, por seus pares.


A verdadeira liderança é aquela que inspira, que cativa, que impacta. Para verdadeiros líderes, não é difícil perceber que, à liderança de hoje, já não bastam mais as ferramentas que se utilizavam ontem.


Quem se estagna do paradigma da chefia, não desenvolve o necessário para ser verdadeiramente eficaz e reverberar para além dos muros das organizações.


Mas por onde começar a jornada de tornar-se um líder, seja do que for?


Tudo começa pela tomada de consciência. Mesmo que você nunca tenha feito nada neste sentido antes, o simples fato de você estar lendo este texto neste instante, já é o primeiro passo no caminho para o despertar da sua consciência.


O Professor Fabiano Gomes nos ensina que “O ato mais legítimo de liderança é liderar a si mesmo”.


O contexto atual, ainda pandêmico, amplifica a volatilidade e as incertezas que enfrentamos diariamente, em todos os aspectos de nossas vidas. As habilidades chamadas de “soft skill”, são tidas como mais importantes do que nunca. Aliás, já há quem defina estas habilidade como verdadeiras “power skills”.


É o desenvolvimento de novas habilidades, como empatia, escuta ativa, gestão de conflitos, capacidade de integração, que verdadeiramente destacam meros chefes de verdadeiros líderes.


Estas habilidades exigem desenvolvimento e amplificação da nossa consciência, em sentido amplo. Elas não são aprendidas em cursos regulares de graduação, MBAs e afins. Elas precisam de um árduo trabalho de autoconhecimento, pois a primeira etapa, invariavelmente, passará por exercer liderança sobre si mesmo, antes de liderar a qualquer outro.


Faz-se preciso currículos novos, cursos diferenciados, que nos deem o mapa, a bússola e nos ajudem a dar os primeiros passos na trilha do autoconhecimento, tendo em conta, acima de tudo, que somos seres íntegros, ou seja, que nossas vidas pessoais e profissionais não se dividem, são uma coisa só.


Precisamos, cada vez mais, deixar os antigos paradigmas de liderança de lado, pois eles já não se prestam mais aos resultados.


O Professor Fabiano Gomes, que escreveu sua tese de mestrado sobre Liderança Movida por Propósito, desenvolveu uma excelente Leadership Advisory para os líderes do futuro, pautada na ideia de que a formação de líderes alto impacto passa por tornarem-se pessoas conscientes na integralidade de suas próprias vidas, como gerenciamento de stress, inteligência emocional, foco e performance.


Para você saber mais sobre habilidade de lideranças exigidas por este mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo, separamos o vídeo completo de uma super aula que aconteceu na nossa escola sobre esse assunto.


Foi a aula inaugural do curso Mindfulness Design, a Leadership Advisory com o Professor Fabiano Gomes que começará na próxima segunda feira, 09/11.




Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags