Respiração consciente é uma habilidade de alta performance

Texto por Paola Martins

O nascimento da vida se inicia com a primeira inspiração, e a ânsia por ar nos acompanha até o último suspiro.


De forma impressionante, nós acabamos relegando essa atividade essencial ao automatismo: Um adulto em repouso respira em média cerca de 16 vezes por minuto (ou 23 mil vezes por dia), e não se dá conta disso.


Ou seja, são 23 mil vezes por dia que somos controlados por essa necessidade, se não assumimos o protagonismo dela. E, por outro lado, são 23 mil oportunidades para nos tornarmos mais conscientes sobre nós mesmos.


O que separa os craques, os gênios, os fora da curva, de nós, meros mortais, são as habilidades. E habilidades só se desenvolvem com dedicação, disciplina e afinco.


E a habilidade de respirar de forma consciente, que como tudo, pode (e deve) ser treinada para ser aprimorada, separa, verdadeiramente, o joio do trigo.


Desenvolver respiração consciente, quebrando o automatismo ao qual nos submetemos, faz com que desenvolvamos um enorme poder sobre nós mesmos, e pode ser a gota d’água faltante para de fato contarmos com alta performance em qualquer seara da vida.


Quando trabalhamos com esforço constante sobre nós mesmos para aumentarmos nossa capacidade pulmonar através de técnicas específicas de respiratórios ritmados e retenções com e sem ar, expandimos nossa zona de conforto, e nos tornamos mais senhores de nós mesmos.


Assim, aprendemos a utilizar nossa respiração como ferramenta para nos auxiliar nas nossas atividades diárias, e não apenas somos controlados por nossa necessidade de respirar.


A alta performance, muitas vezes, consiste simplesmente em estarmos presentes. E uma excelente forma de trazermos nossa atenção ao agora é através do ato respiratório. Manter uma respiração consciente nos conecta ao que estamos executando neste momento, amplificando nosso estado de presença.


É incrível como as ferramentas mais simples podem ser as mais poderosas. Milhões de livros, cursos, vídeos, apps, softwares etc. podem ser desenvolvidos para nos auxiliarem em diversas atividades, mas, ao final do dia, a respiração consciente ainda será a tecnologia mais antiga, simples e eficaz de desenvolvermos alta performance.


Que tal começar a desenvolver alta performance através da sua respiração?


Comece ainda hoje!


Acesse o site abaixo:




Posts Recentes